Acompanhe aqui sua vela virtual acesa durante o período de 7 dias com sua intenção.

confira
Proclamadores e Salmistas

O proclamador da Palavra é o seu primeiro ouvinte. Por isso, deverá ler e meditar a leitura em casa, durante a semana para ser verdadeiro ministro da Palavra. Ele deverá aprender a “sumir” diante de Cristo a quem empresta sua voz e seu jeito de comunicar. Quem as proclama deve ao menos dar uma olhada no Lecionário e ai estudá-las. Por ser um livro litúrgico, ao qual se deve verdadeiro respeito, e também pelo seu preço elevado, a Igreja tem verdadeiro cuidado em sua conservação. Mas é sempre possível consultá-lo com antecedência na sacristia paroquial ou mesmo através revistas litúrgicas (como a Liturgia Diária e a Deus Conosco), ou mesmo na internet, onde há vários sites disponibilizando o conteúdo diário das leituras da Santa Missa, como por exemplo o site da CNBB (http://www.cnbb.org.br/liturgia/app/user/user/UserView.php). 
Há ainda Bíblias que trazem no final o elenco das leituras da Santa Missa, mas normalmente o texto é um pouco diferente do texto litúrgico. Mas, sempre que se recorre a qualquer um desses subsídios, é importante ler ao menos algumas vezes no próprio Lecionário, pois pode haver algum erro em algumas dessas edições, e o leitor pode ser surpreendido no ambão. Também se deve estar atento que em determinadas situações poderão haver leituras mais apropriadas às circunstâncias, como festa do padroeiro e outros santos.

Preparação pessoal para proclamar a Leitura 
O leitor não pode ser um daqueles que andam com um véu na frente dos olhos e no coração e, por isso, não compreendem as Escrituras (II Cor 3,12-18). Um leitor que não entende o que proclama, transmitirá dúvidas. Somente quem conhece a leitura e acredita naquilo que lê, será capaz de fazer da leitura um verdadeiro anúncio da Palavra. Por isso, os leitores devem ter a oportunidade de fazer cursos bíblicos, normalmente promovidos pelas paróquias e comunidades, a fim de auxiliar nessa tarefa. Principalmente as leituras das celebrações de domingo devem ser preparadas com muito capricho. O leitor que sabe que irá proclamar a Palavra pode já começar a prepará-la no início da semana, lendo e estudando, assimilando-a como uma mensagem pessoal, antes de proclamá-la na comunidade.

Salmos:
O Salmo é uma palavra grega que significa uma oração cantada e acompanhada de instrumentos musicais. São 150 ao todo, e formam o mais extenso livro da bíblia. Nasceram para ser cantados, o que não quer dizer que nãos e pode rezá-los. Porém a melhor forma de rezá-los é cantando, são composições líricas, e constituem o livro de cantos do povo de Israel.
O salmo, na missa, faz parte integrante da liturgia da palavra, não podendo por isso ser omitido. É prolongamento da palavra bíblica, em sentido lírico-meditativo, tendo portanto o mesmo valor da Palavra de Deus. É também canto de repouso e de meditação. Na liturgia, o salmo tem os nomes de "Salmo Responsorial", de "Salmo", simplesmente, e também de "Cântico Bíblico". Este último porque também podem aparecer cânticos bíblicos que não são tirados do livro dos Salmos, como é o caso do cântico de Moisés (Ex 15) e do cântico de Isaías (Is 12), usados na Vigília Pascal do Sábado Santo, por exemplo. É palavra de Deus: após a primeira leitura proclama-se o salmo. Cuidadosamente escolhido ele tem relação direta com a primeira leitura. Lugar de destaque: É palavra de Deus, por isso proclame-se da mesa da Palavra, preferencialmente do lecionário. Forma mais comum: início do canto com o refrão, pelo salmista, sendo repetido por toda a assembleia. Após cada estrofe, feito pelo salmista, volta-se ao refrão com o povo. Por isso o nome Responsorial, ou seja, dialogal. Evite-se falar no meio das estrofes: “refrão”, “todos”.
Silêncio: Observe-se um pequeno silêncio entre a primeira leitura e o salmo, cujo caráter é de interiorização.
Melodias: O refrão dos salmos apresenta ricas melodias, procurando traduzir o espírito da letra (Hinário Litúrgico). De preferência, o salmo deve ser preparado com antecedência pela equipe de canto e cantado do ambão. Quando isso não for possível, um leitor o proclame.

Comunidades
PASTORAIS
Calendário e Anuário

Vela Virtual


Nome:
Cidade:
Estado:
E-mail:
Sua Intenção:
 

Agradecemos sua intenção, Deus seja louvado.

Horários de Missas na Paróquia e
Comunidades

Matriz: Segunda: 18h30. Quarta, Sexta e Sábado: 19h

e Domingo: 7h, 10h, 17h e 19h30

Santa Teresinha: Domingo às 8h 
Santa Rosa de Lima : Domingo às 9 horas e terça às 19h30
São Sebastião e Nossa Senhora de Fátima: Sábado às 19h
Santa Rita de Cássia: Domingo às 19h

Dízimo

Participe da Campanha da Paróquia São Benedito com sua doação.

  • Seja nosso dizimista. Faça aqui o seu cadastro!

  • Artigos Religiosos

    Adquira nossos artigos da Paróquia São Benedito

  • Saiba mais
  • Links









    Redes Sociais